Pastilha de Nicotina

TUDO SOBRE PASTILHA DE NICOTINA.

downloadLançado no Brasil em 2009 a  pastilha de nicotina é mais um produto usado na TRN (Terapia de Reposição de Nicotina) ou quando o fumante precisar enfrentar um longo espaço de tempo sem fumar.

Assim como o chiclete de nicotina, a pastilha repõe a nicotina no corpo através da absorção pela mucosa bucal.

Apesar de não ser aconselhado o uso sem acompanhamento médico, não é necessário a prescrição tornando a compra fácil em qualquer farmácia.

Quando o fumante opta por este tipo de terapia deve cessar o uso de cigarros pois corre o risco de overdose ingerindo a nicotina pelo cigarro e pela pastilha.

Com a absorção da nicotina pela mucosa bucal o fumante diminui drasticamente a fissura causada pela abstinência do cigarro, mas corre o risco de trocar um vício pelo outro.

Vários são os relatos de pessoas que acabaram viciando na pastilha de nicotina assim como no chiclete de nicotina e muitos acabam voltando ao vício no cigarro por falta de instrução ou acompanhamento médico.

Estudos indicam que o fumante deve programar uma diminuição gradativa do produto até a cessação total para não correr esse risco.

A pastilha de nicotina é apresentada em cartelas de 4 unidades ou caixas com 36 unidades com 2 concentrações de nicotina diferentes.

2 mg indicado para pessoas que fumam até 20 cigarros por dia.

4mg indicado para pessoas que fumam acima de 20 cigarros por dia.

Ambos no sabor menta.

Pesquisadores ingleses advertem que a pastilha de nicotina pode ter uma relação direta com casos de câncer de boca em função do contato direto da nicotina com células da boca e pela mutação de um ingrediente contido na fórmula que é potencialmente cancerígeno.

Porém, os mesmos pesquisadores advertem que mesmo com este risco, a pessoa não deve evitar este tipo de terapia para deixar de fumar pois o cigarro é muito mais prejudicial e contém muitas outras substâncias cancerígenas e prejudiciais à saúde.

Como já descrevi anteriormente, aconselham a determinar um tempo de uso (que não deve ultrapassar 15 semanas) até a parada total e não se amparar na pastilha toda vez que vier a fissura.

 

COMO FUNCIONA A PASTILHA DE NICOTINA

A maior dificuldade para quem está parando de fumar é lidar com a fissura causada pela abstinência.

O cigarro causa as dependências químicas e psicológicas no fumante, tornando tão difícil a cessação de fumar.

A pastilha de nicotina, diferentemente do adesivo de nicotina, repõe a nicotina no corpo somente quando a pessoa sente a necessidade, ajudando a controlar a fissura pela dependência química, mas a dependência psíquica não consegue controlar, pois o dependente se vê muitas vezes com a necessidade de ter algo nas mãos. A diferença com relação ao cigarro é a velocidade de reposição de nicotina, que é muito mais rápida com o cigarro do que com a nicotina terapêutica liberada pela pastilha.

Não existe uma regra para o uso da pastilha mas não deve exceder 20 pastilhas diárias, conforme aconselha o fabricante para não correr o risco da overdose.

Quem fuma menos de 20 cigarros por dia e não fuma nos primeiros 30 minutos após acordar deve usar a goma de 2mg.

No início o fumante deve consumir no máximo entre 12 e 14 pastilhas por dia, dependendo da necessidade de cada um. Se estiver consumindo mais do que isso, deve-se estudar a possibilidade de usar a pastilha de 4mg, pois o normal é consumir algo em torno de 5 a 10 gomas por dia.

Quem fuma mais de 20 cigarros por dia e fuma nos primeiros 30 minutos após acordar deve usar a pastilha de 4mg e após um determinado tempo, trocar pela pastilha de 2mg conforme descrevo mais abaixo em “COMO A PASTILHA DE NICOTINA PODE TE AJUDAR A PARAR DE FUMAR”

O uso é parecido com o chiclete de nicotina, porém não se deve morder nem engolir. Caso venha a engolir não há problema algum, mas a absorção fica prejudicada pois o produto é feito para liberar gradativamente  nicotina terapêutica para ser absorvida pela mucosa bucal.

Se engolir a pastilha acidentalmente, a quantidade de nicotina liberada é de aproximadamente 80% pelo estômago e mais demorada do que se fosse absorvida pela boca.

Deve-se colocar a pastilha na boca e estacionar entre a gengiva e a bochecha até sentir uma leve dormência, para em seguida estacionar do outro lado alternando assim até dissolver completamente na boca.

 

Está gostando deste conteúdo? Cadastre-se na seta vermelha do topo da página para receber as atualizações e dicas. Receba também inteiramente GRÁTIS os 5 PASSOS PARA PARAR DE FUMAR.

MARCAS DE PASTILHA DE NICOTINA

No mercado brasileiro só temos a marca Niquitin que oferece o produto em 2 dosagens diferentes (2mg ou 4 mg) e embalagens de 4 ou 36 unidades.

Os preços variam de R$ 4,73 (embalagem com 4 pastilhas de 2mg) a R$ 52,59 (embalagem com 36 pastilhas de 4mg).

Calculando uma média de 10 pastilhas por dia, chegamos a uma valor bem aproximado de 2 maços (carteiras) de cigarro o que torna o produto um pouco caro.

Nos Estados Unidos existem várias marcas de pastilhas e algumas podem ser encontradas aqui também, trazidas por importadores independentes.

Uma marca em especial (Camel Orbs) tem causado grande preocupação nos Estados Unidos pela sua embalagem que se assemelha muito a uma caixa de balas. A preocupação se deve pela alta incidência de intoxicação causada pela nicotina em crianças e lactantes. Em 2007 ocorreram mais de 6000 casos de intoxicação por vários produtos tóxicos registrados nos centros de controle de intoxicação dos Estados unidos.

Imagem de embalagem de  pastilha de nicotina

Além da embalagem, a pastilha também se assemelha muito a uma bala de doce tanto na aparência quanto ao cheiro e sabor. A preocupação se deve pois dificilmente uma criança saberia diferenciar uma da outra, correndo o risco de ingerir uma pastilha de nicotina e acabar se intoxicando.Uma criança de 4 anos pode sofrer vômitos e náuseas com apenas 1 mg de nicotina.

 

PRÓS DA PASTILHA DE NICOTINA

Assim como  os outros produtos usados na TRN (Terapia de Reposição de Nicotina), a pastilha de nicotina também não impregna o corpo, roupas e hálito com aquele cheiro insuportável do cigarro. Existem algumas substâncias químicas na composição da pastilha, mas certamente é muito menor do que as mais de 4700 substâncias químicas prejudiciais à saúde que o fumante ingere ao tragar o cigarro.

A nicotina não é a substância mais prejudicial à saúde contida no cigarro. Alcatrão, monóxido de carbono são apenas algumas das substâncias químicas contidas no cigarro que fazem muito mais mal à saúde que a nicotina.

Vários são os efeitos que a nicotina pode causar no corpo, tais como a vasoconstrição coronária, arritmias e aumentar a demanda cardíaca. Porém depende muito da forma como ela é liberada. No cigarro a liberação da nicotina é “em bolo” e na pastilha essa liberação é lenta e gradual. Segundo estudos, a maior incidência de infarto agudo do miocárdio por fumantes está mais relacionado à aspiração de monóxido de carbono e à consequente menor oxigenação do miocárdio do que pela absorção de nicotina.

A fissura causada pela abstinência de nicotina é a maior causa do fracasso na tentativa de parar de fumar pelos fumantes. Com a reposição de nicotina através da pastilha de nicotina, essa fissura pode ser bem controlada evitando assim algumas reações como mau humor, depressão, irritabilidade, ansiedade e dificuldade de concentração.

Com a reposição da nicotina (através da pastilha) se torna um pouco mais fácil parar de fumar, pois também controla um pouco a dependência psíquica, tendo algo na boca em substituição ao cigarro. Muitos fumantes conseguem parar de fumar chupando balas como distração, e neste caso ainda repõe a nicotina no corpo.

 

CONTRAS DA PASTILHA DE NICOTINA

Assim como acontece com o chiclete de nicotina, a pastilha também deve ser usada com acompanhamento médico, pois dificilmente o usuário conseguirá usar nas doses certas.

A quantidade de nicotina absorvida pelos fumantes muda de acordo com o consumo de cigarro de cada um e a dosagem a dosagem da pastilha deve ser calculada para não correr o risco de overdose ou falta de nicotina.

Outro problema é que não se deve usar deste tratamento por mais de 15 semanas (segundo indicação dos médicos) e neste espaço de tempo, muitos ainda sentem a falta do cigarro e acabam voltando a fumar no longo prazo.

O uso das pastilhas de nicotina podem causar alguns efeitos tais como:

Queimação no estômago, azia, soluço, dor de cabeça, gases e tontura entre outros e dependendo do consumo.

Esses são apenas alguns efeitos causados pelo uso mas a lista é grande e o ideal é consultar um médico antes de partir para o uso. Pessoas alérgicas a soja ou amendoim por exemplo, não podem usar deste tratamento por conter óleo de soja como ingrediente.

A principal contra indicação é para pessoas com problemas cardíacos ou com histórico de problemas cardíacos na família.

Adolescentes também devem evitar o uso e gestantes ou lactantes devem consultar o médico antes.

Pessoas que fazem dieta de sal também devem evitar a pastilha de nicotina pelo alto grau de sódio. Para se ter uma ideia, consumindo 10 pastilhas em um dia a pessoa teria ingerido 150mg de sódio.

Em alguns países da Europa o governo cede as pastilhas de nicotina gratuitamente como tratamento, mas aqui no Brasil não existe isso e o produto é relativamente caro o que torna inviável para algumas pessoas.

 

COMO A PASTILHA DE NICOTINA PODE TE AJUDAR A PARAR DE FUMAR

Assim como todos os produtos utilizados na TRN, a pastilha de nicotina também pode te ajudar a parar de fumar com o controle da dosagem de nicotina no corpo através da liberação da nicotina terapêutica absorvida pela mucosa bucal.

Para fumantes compulsivos que fumam mais de 20 cigarros por dia e que fumam o primeiro cigarro antes de 30 minutos após acordar, devem a pastilha de 4mg conforme descrito abaixo:

1ª a 6ª semanas: 1 pastilha de hora em hora ou de 2 em 2 horas.

7ª a 9ª semanas: 1 pastilha de 2 em 2 horas ou de 4 em 4 horas.

10ª a 12ª semanas: 1 pastilha de 4 em 4 horas ou de 8 em 8 horas.

Passadas as 12 semanas cessar completamente o uso.

Para os que fumam menos de 20 cigarros por dia e o primeiro cigarro 1 hora após acordar, devem usar a pastilha de 2mg da mesma forma.

 

Esta é uma indicação de médicos e do próprio fabricante do produto e não a minha opinião sobre o método ideal para parar de fumar. Mas como as pessoas são diferentes umas das outras, pode ser que realmente funcione este método e o objetivo deste site (ajudar as pessoas a parar de fumar) acaba sendo alcançado da mesma forma.

 

CONCLUSÃO SOBRE A PASTILHA DE NICOTINA

Como cito na página de apresentação do site e em meu e-book LIVRE DO FUMO EM 12 DIAS, este site não vai te enganar.

Se você quer parar de fumar aconselho a adquirir o e-book e seguir passo a passo os 12 dias para ficar LIVRE DO FUMO.

Como já descrevi, a pastilha de nicotina é um produto que repõe a nicotina no corpo (assim como o chiclete de nicotina) liberando aos poucos a quantidade necessária para diminuir a fissura. Mas um fumante tem dependência química e a psíquica.

A pastilha de nicotina pode ajudar a diminuir a fissura pela dependência química mas se a pessoa não se preparar psicologicamente para parar de fumar, vai acabar trocando o vício no cigarro pelo vício na pastilha.

É claro que é menos prejudicial à saúde o vício na pastilha mas se você pode parar com os dois (e eu sei que você pode) por que se livrar de um vício e adquirir outro?

A preparação psíquica é fundamental para o sucesso com a cessação de parar de fumar e apesar de não haver a obrigatoriedade, acho fundamental o acompanhamento médico nesta terapia, uma vez que a pastilha de nicotina contém substâncias que podem ser muito perigosas para algumas pessoas.

Gostou deste conteúdo? Cadastre-se na seta vermelha para receber as atualizações e dicas. Receba também inteiramente GRÁTIS os 5 PASSOS PARA PARAR DE FUMAR.

Foto: stoptabac.ch

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>